Atender a crianças pode ser um desafio e não importa a idade desses pequenos pacientes: tanto os menores quanto os maiores podem dar bastante trabalho. A resistência das crianças à consulta médica pode ser porque elas têm medo ou porque se sentem entediadas, mas dá para o profissional mudar esse quadro com algumas dicas.

Ser agradável com a criança

Na realidade, é importante ser simpático até com os pacientes adultos, haja visto que eles também precisam ser cativados. Com crianças, essa estratégia é obrigatória, principalmente quando se tratam de especialidades como dentistas, em que determinados procedimentos podem doer um pouco ou ser desconfortáveis.

Quando se fala em ser agradável com a criança, fala-se em criar um laço com ela e algumas formas de fazer isso são:

  • Dizendo um “Oi” animado logo na entrada do consultório e chamando-a pelo seu nome;
  • Comentar sobre o personagem que possa estar estampado em sua roupa;
  • Deixar elementos infantis pelo consultório e tentar puxar conversa com a criança

É indicado não tentar contato físico com a criança, ou seja, não tentar dar a mão ou abraçar. Ela pode se esquivar e/ou sentir que o seu espaço está sendo invadido.

Deixar a criança entretida já na sala de espera

Normalmente, a sala de espera de consultórios tem revistas para os adultos folhearem e televisão, mas pouca atração para os pacientes criança. Porém, é muito importante que os pequenos se sintam bem mesmo antes de entrar na consulta e é mais fácil conseguir isso se eles tiverem acesso a gibis, a massinha, a álbum de pintar, etc.

Isso fará com que a criança associe a consulta médica a algo divertido e a um ambiente do qual ele gosta.

Use jalecos especiais

Vale a pena para quem atende crianças ter algumas opções de jalecos coloridos e com temática infantil. Hoje em dia, o mercado de jalecos é diversificado e não se encontram mais somente as versões em branco: eles podem ter decoração de personagens de desenho, de filme, etc.

Se você não encontrar um jaleco mais voltado ao tema infantil, pode customizar: dá para comprar um jaleco branco ou de outra cor e colar coisas nele com cola quente, como retalhos, laços, fuxico, etc. Além disso, você pode pintar o jaleco com tinta de tecido.

Ter paciência

Provavelmente, a criança vai chorar em algum momento ou demonstrar medo. Nessa hora, o médico deve demonstrar paciência e conversar com a criança, explicando para ela a razão de aquilo ser feito e deixando claro que ela não precisa temer.

Avalie positivamente a criança

Mesmo que ela tenha chorado bastante e coisas assim, no final da consulta ressalte as partes boas do seu comportamento, por exemplo: “Você foi muito corajoso na hora de examinar seu dente. Está de parabéns”. Além disso, procure alguma forma de compensação: dar uma cartela de adesivos, um balão, uma caixa de massinha, etc. Com isso, a criança ficará mais quieta ainda na próxima consulta para conseguir de novo o brinde.

Aqui na Faiko Jalecos você adquire o seu Jaleco ou Pijama e já pode sair com ele BORDADO! É só informar o seu Nome e Especialidade no ato da Compra, APROVEITA! 

Acompanhe a gente nas Redes Sociais!​