A proatividade é uma característica bem valorizada no meio profissional, pois ela significa que aquele funcionário é muito bom para ajudar a encontrar soluções para problemas. Além disso, quem é proativo envolve-se por conta própria nas situações mais importantes da empresa, dando opiniões sobre como melhorar algum processo ou alcançar clientes. No entanto, é claro que ser proativo não tem nada a ver com ser intrometido: é fundamental que o profissional saiba quando dar a sua opinião e que tenha humildade e paciência. Caso contrário, pode aparentar que ele deseja tomar o lugar de um colega ou até do seu superior.

Estar atento aos problemas

O profissional que deseja ser conhecido pela sua proatividade não pode ficar envolvido apenas com as tarefas da sua função e se desligar do resto. Na verdade, é importante ter o máximo de conhecimento sobre os problemas que a empresa tem no momento: assim, será mais possível ter ideias sobre o que poderia minimizar a situação ou até resolvê-la.

Capacitar-se na sua área

Se a pessoa não tem conhecimento acumulado, é mais difícil de conseguir pensar em soluções inovadoras para os problemas e situações. Por isso, é muito
importante manter-se atualizado e nem se fala aqui apenas de cursos: vale a pena acompanhar notícias, ler artigos disponíveis na Internet e também ficar atento aos concorrentes. Boa parte dos profissionais não faz isso, ficando envolvido unicamente com as suas funções daquele momento. Por outro lado, quem está sempre informado sobre o setor sabe dar uma sugestão no momento oportuno, inclusive citando casos em que essa mesma sugestão deu bons resultados.

Ter bom relacionamento com todos

Mantendo uma relação agradável com colegas, fornecedores e clientes torna-se muito mais fácil conseguir ajuda em algum momento. Além disso, um bom relacionamento no ambiente profissional torna-se boas referências, o sempre é de muito valor. Pensando nisso, quem deseja ser mais proativo precisa evitar o desgaste com as pessoas ao seu redor. Assim, terá aliados e mais conforto na hora de propor alguma coisa ou dar sua opinião.

Vencer a timidez

Vários profissionais têm ótimas ideias, que poderiam fazer com que o seu setor fosse bem mais produtivo, mas não são proativos por causa da sua timidez. Afinal, dando uma sugestão é claro que as atenções estariam voltadas para essa pessoa, coisa que continuaria em caso de resultado positivo ou negativo.
No entanto, é preciso criar a consciência de que a proatividade é uma chave indispensável para funcionários, empreendedores e todos os que querem crescer na profissão. É necessário compreender também que, para ser proativo, será preciso se expor algumas vezes e deve-se trabalhar isso internamente.
Sessões de terapia permitem entender a razão da timidez e a superá-la. Vale a pena também identificar o porquê se tem tanto medo da exposição e, se não há
tempo para nada disso, é melhor falar em particular com o chefe ou com a pessoa que deve receber a sugestão. Assim, o profissional não desperdiça a chance de se mostrar proativo.