Como montar um estúdio de Pilates? —

Como montar um estúdio de Pilates?

A prática do pilates já existe desde a década de 20, mas muita gente descobriu esse tipo de exercício há pouco tempo. O seu objetivo não é definir o corpo, embora ele ajude muito a enrijecer a musculatura; na verdade, a principal indicação da prática de pilates é para cuidar de dores na coluna, nas articulações e também as prevenir.

Praticada com o auxílio de barras e de grandes bolas macias, essa atividade física já tem lugar cativo em grande parte das academias, mas montar um estúdio dedicado apenas ao pilates também é um bom negócio. A seguir, todos os detalhes necessários para fazer isso.

Documentação obrigatória

Antes de começar a pensar nos equipamentos que serão colocados no estúdio de pilates e em como decorá-lo, é imprescindível ter consciência de que se trata de um serviço relacionado à saúde. Assim, todas as documentações obrigatórias precisam ser feitas, incluindo: 

  • Registro na Junta Comercial do Estado;
  • Licença sanitária da prefeitura;
  • Inclusão na Entidade Sindical Patronal;
  • Cadastro no Sistema de Conectividade da Caixa Econômica Federal;
  • Alvará da Vigilância Sanitária;
  • Autorização da prefeitura;
  • Registro na Receita Federal e Estadual;
  • Inscrição no Conselho Regional de Educação Física ou no conselho de Fisioterapia;
  • Alvará do Corpo de Bombeiros;
  • Respeito às normas da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa)

Espaço adequado

Tendo ciência de todos os documentos e autorizações obrigatórias para abrir um estúdio de pilates, deve-se começar a procurar por um bom imóvel. O estúdio não precisa ser grande, mas é indicado ter uma boa sala para colocar os equipamentos de barra e as bolas, além de o paciente poder se movimentar de forma confortável.

Se possível, o estúdio de pilates deve ter uma pequena recepção onde se possa agendar os próximos horários, cuidar dos pagamentos e tirar dúvidas dos novos pacientes. Na hora de escolher o espaço, não basta ficar atento ao tamanho: é preciso observar se há muitos concorrentes nas redondezas. 

Providenciar um bom instrutor de pilates

Muitas vezes, o instrutor é o próprio dono do estúdio, mas quem tem condições de abrir um espaço maior, com capacidade para mais de um aluno ao mesmo tempo, pode procurar por um instrutor para ajudar.

Porém, não é qualquer pessoa que pode ensinar essa prática: o profissional deve ser formado em Educação Física ou Fisioterapia, apresentando diploma reconhecido pelo Ministério da Educação e também o registro no conselho regional. Se possível, vale a pena pedir ao candidato a instrutor para praticar um pouco de pilates naquele momento, como uma espécie de prova prática.

Providenciar os materiais

A prática do pilates demanda o uso de alguns equipamentos e apetrechos que devem ser disponibilizados pelo estúdio durante as aulas, como:

  • Cadillac;
  • Barril;
  • Mobile;
  • Reformer;
  • Cadeira

É fundamental oferecer ao aluno um banheiro onde ele eventualmente possa se trocar. Também é um mimo extra oferecer sempre toalhinhas limpas para secar o suor e, claro, proporcionar boa ventilação: ter janelas amplas e mantê-las abertas, além de contar com ventiladores que fiquem presos às paredes.

Rolar para cima
WhatsApp
Fale com a gente no WhatsApp!