Relembre aqui: qual a diferença entre gram positivo e gram negativo? —

Relembre aqui: qual a diferença entre gram positivo e gram negativo?

Médicos, técnicos de laboratório e biomédicos ouvem bastante os termos gram positivo e negativo e é muito importante conhecer o seu significado sem hesitação. Afinal, é esse conhecimento que ajuda na hora de definir qual tratamento será ministrado ao paciente que está com um quadro de infecção.

O termo “gram” é usado como homenagem à pessoa que criou o atual método de distinguir bactérias mais e menos nocivas ao corpo humano: trata-se de Hans Christian Joachim Gram, que era um médico nascido na Dinamarca. Relembre agora qual é a diferença entre positivo e negativo.

Bactéria gram positiva versus bactéria gram negativa

A bactéria positiva é ligeiramente menos nociva ao organismo, uma vez que ela pode ser combatida com mais sucesso pelos antibióticos. Isso é possível porque a sua parede, ou seja, a sua proteção, tem menos resistência e os compostos antibióticos podem destruir a bactéria com mais facilidade.

Já as negativas são as bactérias mais perigosas, mais contagiosas e mais difíceis de ser tratadas por causa da alta resistência que apresentam a diversos antibióticos. Diferente das bactérias positivas e as negativas têm uma parede bem mais resistente e, claro, ela impede que os medicamentos as atinjam.

Como se identifica uma bactéria gram positiva e gram negativa

Também foi o médico Hans Gram quem determinou a forma de avaliar as bactérias e classificá-las entre os dois tipos acima. Isso é feito por um processo chamado de coloração e descoloração: de fato, a bactéria é mesmo “pintada”.

Três substâncias são colocadas em contato com elas: primeiro, um corante roxo; em seguida, aplica-se o etanol ou acetona para tentar retirar o corante; depois, coloca-se um corante vermelho chamado safranina. No final dos três processos, a bactéria que ficar de cor vermelha é do tipo gram negativa; por outro lado, se ela ficar de cor violeta, então é gram-negativa.

Dentre as bactérias gram negativas mais comuns, há:

  • Pseudomonas aeruginosas;
  • Haemophilus influenzae;
  • Neisseria gonorrhoeae;
  • Escherichia coli;
  • Salmonella enterica;
  • Meningococo

Já alguns exemplos de bactérias gram positivas são:

  • Pneumococo;
  • Clostridium perfringens;
  • Clostridium difficile

Relevância do exame de gram positivo e negativo

A relevância de se determinar o tipo de bactéria é imensa, pois disso depende a escolha do antibiótico que será ministrado, lembrando que infecções que não são devidamente combatidas podem evoluir para que é chamado de sepse. Nesse caso, vários dos órgãos se infectam e isso pode levar a um colapso e ao óbito.

Geralmente, os médicos que identificam uma infecção de ouvido, uma pneumonia ou uma infecção de garganta, por exemplo, já sabem qual é o tipo de bactéria e quais são os antibióticos mais eficientes, assim como a sua dosagem. Contudo, quando se tratam de infecções mais sérias ou que não cedem à ação do antibiótico ministrado, um exame de gram positivo e negativo é primordial.

O exame de coloração fica pronto em quatro horas, aproximadamente, e pode ser feito com sangue.

Já conhece nossos Kits Acadêmicos? Não? Acesse agora e confira, tem para todas as profissões. Você já recebe ele com seu nome bordado! Se quiser, pode falar com o nosso time pelo WhatsApp

Rolar para cima